É hora de recomeçar!

“Decidi recomeçar a história. Entretanto, preferi substituir o ‘era uma vez’ pelo ‘é dessa vez’ .” (Lucas Aurélio). Nada como recomeçar a “rotina” após um ótimo período de férias em família. ObReinicioviamente, se pudéssemos escolher, tentaríamos ao máximo prolongar estes dias de “ócio criativo” como diria o sociólogo italiano Domenico De Masi, mas assim como navegar, trabalhar também é preciso, é necessário, enobrece o homem. Da mesma forma, se agora é o momento de reiniciar a rotina atribulada do ofício que escolhi, é também o momento ideal para retomar as atividades físicas habituais e aquela alimentação mais natural e saudável (eu diria quase uma desintoxicação…risos). Tudo caminha junto, em perfeito compasso.

É hora de colocar em prática as “resoluções do Ano Novo” e deixar para trás tudo aquilo que você não pode (adoro a canção “Walk On”, da banda irlandesa U2, nela Bono sentencia: “All that you can´t leave behind”, ou seja, “tudo o que você não pode, deixe para trás”, numa tradução literal. É hora de esquecer eventuais limitações, aprender com os erros e fracassos de outrora e mirar nos grandes objetivos de 2015.

Lembre-se de que você refletiu copiosamente sobre os fatos e acontecimentos mais relevantes que aconteceram com você em 2014, definiu as suas metas (factíveis, reais e desafiadoras) e traçou o seu planejamento estratégico, seu plano de ação. Agora é começar a executá-lo, com muita atenção e parcimônia, realizando os ajustes de rota que se fizerem necessários ao longo da jornada. Ah, falando em jornada, preste bem atenção nela, pois vale tanto (ou até mais, como às vezes percebo) que o destino em si.

No meu caso, meus planos esportivos estão alinhados com a vindoura edição do SESC Triathlon Caiobá, que rolará no dia 08 de março, domingo, na cidade de Matinhos, no litoral paranaense. Enquanto escrevo o presente post, aguardo a chegada da planilha contendo a “prescrição” esportiva para primeira semana de treino, que a essa altura já deve estar descendo a serra enviada pelo treinador Diego Montecelli. Serão 8 semanas onde buscarei dar o meu melhor. Quando há uma competição em vista, minha musa inspiradora, já não sei se treino para viver ou vivo para treinar, mas sigo permanentemente com Fé!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *